O PRINCIPAL ERRO QUE LHE IMPEDE DE SE LIVRAR DA CANDIDÍASE

Quebre o Círculo Vicioso que a cada volta está fazendo com que a candidíase se torne mais resistente e de difícil controle

Veja o que você vai aprende nesse artigo:

  • O Círculo Vicioso que faz você alimentar sua própria inimiga;
  • O principal erro que você comete e que lhe impede de se livrar da candidíase;
  • Por que os medicamentos da família "ZOL" vão parando de funcionar no decorrer do tempo;
  • Por que algumas mulheres tem sucesso com a dieta anticandidíase enquanto outras fracassam miseravelmente;
  • O passo a passo pouco conhecido para se livrar da candidíase para que ela nunca volte a te incomodar novamente.

A primeira coisa que você precisa entender que você não é culpada por estar sofrendo com os sintomas da candidíase, se você quer culpar alguém, culpe os médicos que tratam candidíase de recorrência com o mesmo protocolo para casos de candidíase esporádicos.

Além disso, a cândida albicans, que é o fungo causador de todo esse transtorno, é um morador habitual da nossa flora intestinal, todo mundo tem.

Eu mesma sofri com essa praga durante 4 longos anos, ela quase destruiu o meu casamento. Apesar da vergonha, talvez um dia eu lhe conte essa história em detalhes.

Em nosso intestino temos bactérias boas, ruins e fungos. E todos eles tem que estar em equilíbrio para não causar danos à sua saúde.

O problema é quando acontece algum desequilíbrio na flora intestinal (que é onde o fungo da cândida mora) e o fungo da Cândida começa a se espalhar, passando do intestino para o resto do corpo.

A Grande Verdade é que, seja qual for o seu tipo de candidíase…
Vaginal, Peniana, na Pele, nas Unhas ou Oral, isso é apenas o sintoma de que você está com uma alteração na sua flora intestinal.

Essa é a Raiz do Problema!

E quando você faz uso de antibiótico, corticóide e anti-inflamatórios você mata as bactérias boas e as ruins indiscriminadamente, deixando o "terreno" perfeito para o fungo da cândida proliferar.

Fungos são formas mais avançadas que as bactérias, por isso é tão difícil acabar com a cândida. Algumas bactérias, por serem simples, morrem com o mesmo medicamento toda vez que ele é administrado.

A cândida, porém, como é mais complexa, realiza mutações em seu DNA e se torna resistente aos medicamentos. É por isso que as pessoas que apresentam candidíase crônica chegam a um ponto em que os remédios farmacêuticos não funcionam.

Os remédios de farmácia não resolvem o problema da candidíase; pelo contrário, muitas vezes agravam o quadro.

Se você passar somente a pomada que o ginecologista receitou, você vai ter recorrência porque o problema não é só ali. Como o problema está no seu intestino, você tem que mudar sua alimentação, sem esse tipo de mudança a cândida volta a ocupar espaço.

O Círculo Vicioso Que Faz Você Alimentar Sua Própria Inimiga

Basicamente a cândida se alimenta dos açúcares e carboidratos da nossa alimentação.

Então, se você cortar esses tipos de alimentos de suas refeições, o fungo da cândida simplesmente vai morrer de fome.

O problema é que se você fizer o uso dos ingredientes errados, você acaba entrando no que chamamos de círculo vicioso, e poderá comprometer ainda mais a sua saúde e eliminar de vez as suas chances de acabar com os sintomas da candidíase de forma definitiva.

(1) Este ciclo começa quando você consome os alimentos errados; (2) Fortalecendo o fungo fazendo com que ele se prolifere; (3) causando sintomas como:

Coceira intensa na região genital;

Placas esbranquiçadas na vagina;

Dores ao urinar e no ato sexual;

Ardência;

Dores de cabeça;

Fadiga excessiva e cansaço constante;

Nervosismo e irritabilidade;

Sapinhos e língua esbranquiçada;

Alergias respiratórias e sinusites frequentes;

Problemas digestivos, causando diarreia ou constipação;

Memória ruim e dificuldade de se concentrar;

Alterações hormonais como TPM exagerada;

Dificuldade em emagrecer;

Tontura;

Infecções de pele e unhas causada pelo fungo;

Ou se for homem haverá presença de bolhas na glande do pênis.

(4) E as próprias substâncias que o fungo libera no intestino, (5) fazem com que através do sistema nervoso, (6) você sinta ainda mais desejo de comer alimentos errados, como: doces, farinhas e carboidratos.

E a cada nova volta nesse círculo, mais o fungo da cândida se prolifera, tornando cada vez mais difícil o seu controle.

Portanto, uma coisa que você pode fazer para começar a controlar o fungo é reduzir o consumo de alimentos que contenham açúcar e carboidratos.

Só que, cortar o açúcar da dieta não é tão simples quanto parece, pois o açúcar pode estar "escondido" em tudo o que a gente come - ao comer um pãozinho salgado, por exemplo, o carboidrato pode virar açúcar no nosso corpo.

Um informe do IDEC (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) divulgou que o açúcar pode aparecer em mais de 20 maneiras nos rótulos dos alimentos. Entre eles: Glucose de milho, xarope de milho, Maltodextrina, Frutose, Néctar, Dextrose, Xarope de malte e Maltose.

Como sobreviver sem doces?

Como você viu mais acima, as próprias substâncias que o fungo libera no intestino faz com que a pessoa sinta mais vontade de comer açúcar e carboidratos. E é onde a maioria das pessoas que começam uma dieta para candidíase acabam falhando.

Deixar de comer doces é uma tarefa muito difícil, por isso, eu criei um ebook de sobremesas deliciosas, que além de saciar sua necessidade por doces, vão te ajudar ainda mais no combate contra a candidíase.

Como esses doces usam ingredientes que não contribuem para a alimentação do  fungo, podem ser consumidos livremente. Na verdade esses doces usam ingredientes que são aliados no combate do fungo.

Já imaginou tomar um sorvete ou comer um pudim sem peso na consciência?

Aprenda nesse nesse ebook como isso é possível.

Por um curto período, e somente para as 100 primeiras pessoas, esse ebook estará sendo vendido por preço extremamente baixo.

Por tanto, pode ser que quando você acessar a página o valor já esteja aumentado.

→ Verificar Disponibilidade

Eu também criei um bônus emergencial para caso você esteja passando por uma crise de coceira e ardência, possa obter uma alívio dentro de 30 minutos.

Em breve, você vencerá essa luta e vai finalmente se livrar das crises de coceira e ardor.