Candidíase poser ser curada

Quanto eu descobri que tinha candidíase, há 4 anos, eu estava desesperada porque eu não conseguia eliminar essa praga através das recomendações médicas e medicamentos. Eu ficava o dia inteiro pesquisando na internet sobre a cura ou controle da Cândida.

Durante a minha busca, eu me assustei com a quantidade de pessoas, principalmente mulheres, que sofrem de candidíase. Nem todas tinham corrimento ou sofriam com as coceiras na virilha, mas manifestaram outros tipos de sintomas menos visíveis.

Apesar dos métodos convencionais parecerem não resolver, eu descobri um método que funciona e que eu mesma testei para me curar da candidíase.

Quando devo começar a usar probióticos?

Dentro desse método, que você encontra de forma completa no e-book Operação Candidíase, um dos passos mais importantes é incorporar os probióticos na sua alimentação. O tempo exato disso vai depender de quando você irá começar a introduzir os antifúngicos, uma vez que eles também fazem parte do plano de tratamento contra candidíase.

Eu sugiro que você não inicie a ingestão de probióticos logo no início do seu tratamento. Se você está fazendo uma limpeza no seu corpo, é bem provável que você elimine alguns fungos e junto dele bactérias boas que estavam no seu intestino e você não vai querer isso, né?

Além disso, se você começar a tomar os probióticos neste momento você pode começar a sentir alguns sintomas do Cândida Die-Off, que trata-se dos sintomas gerados pela morte dos fungos que podem liberar toxinas e subprodutos que podem abalar seu sistema. Seguindo um plano de tratamento bem projetado como o da Operação Candidíase você vai evitar isso.

Use também os antifúngicos

Você também deve incorporar alguns antifúngicos naturais em algum momento durante seu tratamento.

Os probióticos e os antifúngicos são aliados poderosos do plano de tratamento da Cândida, por isso recomendo deixar pelo menos uma semana de intervalo antes de começar o antifúngico.

A razão disso é que tanto os probióticos como os antifúngicos podem causar os sintomas da Cândida Die-Off e, tomar os dois ao mesmo tempo pode tornar o processo de recuperação e tratamento muito mais difícil. Portanto, dê pelo menos uma semana de intervalo entre os probióticos e antifúngicos.

Por que escolher um bom probiótico?

Escolher um bom probiótico irá potencialmente reduzir a duração do seu plano de tratamento de Cândida. Isso é fato!

O probiótico certo irá reequilibrar sua flora intestinal, reforçar seu sistema imunológico e ajudar a manter a acidez correta em seu sistema digestivo, evitando assim, que a Cândida se converta pra sua versão fúngica.

Você deve levar em conta algumas coisas antes de escolher seu probiótico. O número de bactérias vivas por cápsula, o número de cepas probióticas e o tipo exato dessas cepas são importantes na hora da escolha. Dê uma lida no nosso artigo “Como escolher um bom probiótico”.

Lembre-se – os probióticos são talvez a parte mais importante da sua dieta para curar a Cândida, então pesquise e busque orientações e referências confiáveis.

Devo tomar probióticos e antifúngicos ao mesmo tempo?

Nada impede que você tome probióticos e antifúngicos ao mesmo tempo, pois os probióticos ajudam a reestabelecer sua flora intestinal com bactérias saudáveis, enquanto os antifúngicos atacam os fungos.

Porém, alguns antifúngicos tem propriedades antibióticas que podem matar algumas bactérias boas no seu intestino que você está tentando reestabelecer.

Além disso, tomar os dois ao mesmo tempo pode causar severos sintomas de Cândida Die-Off, causados pelas mortes dos fungos da Cândida que liberam substâncias que podem levar a crises, dores de cabeça, depressão e outros sintomas que você definitivamente não quer experimentar.

Sentir os sintomas com essa intensidade tornará muito mais difícil você continuar o plano de tratamento até o final e se recuperar 100% e curar a candidíase. Dê um intervalo de uma a duas semanas entre a ingestão de probióticos e de antifúngicos.

Até quando devo tomar probióticos?

Esta é uma pergunta difícil, pois cada caso é um caso, assim como tudo na vida, né? A resposta simples é que os probióticos são quase sempre uma adição saudável à sua dieta e, portanto, você deve considerar tomá-los regularmente durante o tempo que quiser.

No entanto, isso nem sempre é prático e acessível, pois probióticos podem ser caros. Portanto, quando você sentir que controlou a Cândida e diminuiu os sintomas, você pode começar a diminuir a dosagem aos poucos até parar de consumir.

Uma alternativa aos suplementos probióticos, que são caros, é optar por consumir alimentos probióticos como iogurte, chucrute e kefir que inclusive você pode preparar na sua casa!

Para isso, basta parar de tomar os probióticos diminuindo a dosagem aos poucos e monitorando sua saúde durante todo o processo, ou seja, como seu corpo reage a isso. Se você acha que está regredindo e seu crescimento excessivo de Cândida está voltando, volte à sua dose original até sentir-se confortável novamente.

Se você cortar a dosagem e você se sentir bem, então sinta-se livre para continuar reduzindo sua ingestão probiótica até que você tenha abandonado completamente os suplementos.

No meu de tratamento Operação Candidíase eu mostro exatamente quando começar a faxina e limpeza do organismo com uma dieta alimentar restritiva e desintoxicante, quando passar para uma dieta menos restritiva, quando introduzir probióticos e quando adicionar alguns antifúngicos.

Se você quer um guia claro, o e-book será de grande ajuda e um poderoso aliado nesse processo. Boa sorte!

Leave a Reply

Your email address will not be published.