mulher com dor na barriga

A candidíase intestinal talvez seja mais conhecida do que outros tipos de candidíase. Talvez você conheça esse tipo de candidíase por se tratar de um dos casos mais graves da doença. Isso porque o intestino é um ponto estratégico de proliferação do fungo para outras partes do corpo.

Para você ter ideia, a candidíase intestinal é o ponto de partida inicial para a candidíase sistêmica, a mais grave de todas.

A candidíase sistêmica, como o nome antecipa, acontece quando a Cândida Albicans se espalha através da corrente sanguínea por todo o corpo, atacando diversos órgãos e levando à candidíase recorrente.

Por que a candidíase intestinal ataca diversas partes do corpo?

O intestino é um local delicado que se liga com áreas do corpo inteiro. Todos os nutrientes, vitaminas, minerais e água são absorvidos através do intestino com a ajuda das bactérias saudáveis, conhecidas como probióticos.

Quando a candidíase aparece ela está ligada a um desequilíbrio da flora intestinal, independente do tipo de candidíase que você pode desenvolver.

Esse desiquilíbrio pode ser causado por uma alimentação com excesso de açúcar, falta de sono, excesso de estresse ou uso exagerado de antibióticos ou outros medicamentos para tratar outros problemas de saúde.

Quando estes fatores debilitam o sistema imunológico, a Cândida Albicans, que já existe no organismo humano passa a se multiplicar.

Quando o intestino não está funcionando 100% por conta de um problema digestivo ou por uma infecção fúngica, a Cândida Albicans começa se reproduzir rapidamente, liberando toxinas que causam os sintomas da candidíase.

No caso, por exemplo, de uma candidíase vaginal ou peniana, o problema fica apenas localizado, não afetando nenhuma outra parte do organismo. Já na candidíase intestinal o problema pode até se tornar uma candidíase vaginal ou peniana, candidíase oral, candidíase na pele e nas unhas.

Melhor tratamento para candidíase intestinal

Sabe-se que candidíase intestinal é uma das mais difíceis de tratar e pode gerar sintomas  desagradáveis e complicações extremamente graves.

Já na na medicina funcional, o tratamento para a candidíase pode ser muito mais fácil apenas levando em conta uma mudança no estilo de vida e, principalmente, na alimentação.

No meu livro Operação Candidíase você encontra as causas da candidíase, explicações detalhadas sobre o fungo e como uma alimentação pode ajudar a curar a doença. Eu trago um plano de tratamento detalhado com os melhores alimentos para consumir e muitas outras informações úteis. Confira!

Sintomas da Candidíase Intestinal

mulher apoiando a cabeça

Se você apresenta crises de candidíase em regiões diferentes do corpo, isso pode estar sendo causado pela candidíase intestinal. Se isso acontecer fique atenta às reações do seu corpo. Ele é o melhor termômetro para apontar a origem do problema.

Os sintomas da candidíase intestinal podem variar de pessoa para pessoa:

  • Fadiga crônica
  • Mudanças de humor repentinas
  • Acne e problemas de pele
  • Dores abdominais
  • Dores musculares
  • Dores de cabeça
  • Intestino preso
  • Irritabilidade

A candidíase intestinal pode ser muito difícil de diagnosticar, inclusive é muito comum os médicos diagnosticarem os sintomas como depressão.

O problema disso é que, se não for depressão, os medicamentos antidepressivos só podem levar a uma piora do quadro da candidíase e a efeitos colaterais.

Lembrando que, para ter candidíase intestinal, não é necessário apresentar todos esses sintomas. Apenas alguns deles já podem ser um indício doa doença. Se você apresentar 3 desses sintomas de forma frequente, procure um médico.

Seguir uma dieta equilibrada como a que eu indico no livro Operação Candidíase pode trazer muitos benefícios para sua vida e ainda combater sua candidíase. Confira!

Leave a Reply

Your email address will not be published.