adoçante pingando

Candidíase e adoçantes artificiais podem ter relação direta ou, pelo menos, contribuir para que ela piore e a Cândida se espalhe pelo seu organismo.

Pode parecer alarmante essa afirmação, principalmente se você é uma pessoa que consome adoçante com frequência. Mas, antes de entrar em choque, entenda porque isso acontece e o que você pode fazer para reverter isso e curar a candidíase.

Nada está perdido.

Afinal, o que os adoçantes artificias significam para o seu bem-estar? É surpreendente ainda perceber quantas pessoas ainda consomem adoçantes artificiais com a crença de que estão fazendo escolhas mais saudáveis.

Por mais que muitos adoçantes artificiais possam não conter açúcar, eles contêm outras substãncias tão ou mais prejudiciais do que o açúcar e que podem interferir negativamente na sua saúde e levar a uma série de problemas e doenças.

No artigo a seguir você vai ver porque os adoçantes artificiais também são prejudiciais para quem está buscando controlar o crescimento excessivo de Cândida.

Na verdade, eles podem piorar os sintomas da candidíase e, ao mesmo tempo, causar uma infinidade de outros problemas de saúde.

Os adoçantes artificiais podem aumentar o açúcar no sangue

Utilizando adoçante em pó

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, os adoçantes artificiais podem aumentar significativamente a quantidade de  açúcar no sangue.

Um estudo em 2014, que analisou o efeito desses adoçantes em ratos e humanos, descobriu que eles aumentaram o açúcar no sangue mais do que refrigerantes e sobremesas carregadas de açúcar.

Como isso acontece? A pesquisa sugere que os adoçantes artificiais, como o aspartame, alteram a composição da sua flora intestinal e podem aumentar a glicemia no seu corpo.

E já sabemos que mais açúcar disponível no seu corpo significa mais alimento para a Cândida se nutrir e infestar seu organismo.

É por isso que é sempre importante tentar diminuir a sua ingestão de açúcar. Nesse outro artigo trazemos 8 dicas para ter sucesso nessa empreitada, confira!

Existe ainda uma outra complicação relacionada ao aumento do nível de açúcar no sangue. Sabe-se que o açúcar no sangue também interfere na produção de insulina e cortisol do corpo, contribuindo para a desregulação do sistema endócrino.

Um sistema endócrino sobrecarregado e com defeito está associado a riscos de ganho de peso, obesidade, diabetes e outras doenças. Essas condições podem colocar ainda mais estresse nos seus sistemas e órgãos internos.

Os adoçantes artificiais afetam sua saúde intestinal

Algumas pesquisas mostraram que os adoçantes artificiais podem danificar também o revestimento do seu intestino. Isso pode levar ao que chamamos de maior permeabilidade intestinal.

Isso pode gerar uma sensibilização alimentar e levar ao desenvolvimento de alergias. Como você provavelmente já sabe esse é inclusive um dos sintomas da candidíase. Os adoçantes artificiais podem agravar ainda mais esse problema.

Conforme mencionado anteriormente, o consumo de adoçantes como sucralose altera a composição da sua flora intestinal. Isso tem implicações para a saúde do seu sistema digestivo.

As bactérias probióticas na sua flora intestinal ajudam a transformar alimentos em nutrientes, facilitam a desintoxicação, protegem seu corpo contra patógenos oportunistas como a Candida e outras doenças.

Por isso que, manter a saúde da sua flora intestinal em dia é tão importante.

Os adoçantes artificiais controlam o desejo por açúcar?

A pesquisa também sugeriu que esses substitutos de açúcar podem nos fazer ter ainda mais desejos por doces. Os adoçantes artificiais podem criar um desejo ainda maior por doce e que só é satisfeito comendo açúcar!

Isso significa que os adoçantes artificiais podem realmente levar ao ganho de peso, e não à perda de peso como muita gente imagina. Muitos estudos como esse aqui mostraram exatamente isso.

Outras razões para evitar adoçantes artificiais

As bebidas diets também podem contribuir para uma série de outros problemas de saúde potencialmente negativos. Veja algumas condições e problemas causados pelo excesso de bebidas diets e adoçantes artificiais:

  • Metabolismo lento e aumento de peso
  • Nevoeiro cerebral (provavelmente do aumento da permeabilidade intestinal)
  • Aumento do apetite, especialmente por alimentos ricos em carboidratos
  • Aumento do risco de desenvolver câncer e condições auto-imunes

O que você deve consumir ao invés de adoçantes artificiais?

mulher com a mão no queixo

Afinal, existe alguma coisa de bom nos adoçantes artificiais? Bem, pelo menos as pessoas estão buscando reduzir o consumo de açúcar, mesmo que estejam escolhendo a maneira errada de fazê-lo.

O problema é que as pessoas não estão buscando alternativas saudáveis, conscientes ​​e viáveis para isso.

O lado positivo é que existem algumas opções mais saudáveis ​​para aqueles que ainda querem consumir algo doce.

Ao invés de utilizar adoçantes como a sucralose considere utilizar a stévia orgânica ou o eritritol orgânico.

Ou faça ainda melhor e evite usar adoçantes artificiais em suas bebidas. O uso de açúcar à longo prazo pode fazer com que você altere seu paladar e não sinta mais necessidade de adoçar seus alimentos e bebidas. É tudo uma questão de hábito e adaptação alimentar.

Ao se acostumar com o doce natural dos alimentos, sua percepção gustativa muda e você conseguirá sentir o açúcar em muitos alimentos que sequer notava antneriormente. Pense nisso.

Ao invés de usar um adoçante artificial procure os sabores doces naturais nos alimentos. Isso ajudará você a estabilizar o açúcar no sangue e, possivelmente, evitar os desequilíbrios intestinais, como o crescimento excessivo de Cândida.

No meu plano de tratamento disponível no e-book Operação Candidíase você confere listas de alimentos aliados e inimigos, bem como sugestões de receitas saudáveis para preparar.

Além disso você também encontra outras dicas de como combater a candidíase e interromper seu crescimento.

Leave a Reply

Your email address will not be published.