Candidíase e a Cândida Die-Off

Você sabe o que são os sintomas “Die-Off? Ou também chamada de reação de  Herxheimer? Se não, confira abaixo tudo o que você precisa saber sobre isso, os sintomas que ele causa e o que fazer para controlar ou evitar isso durante o seu tratamento para candidíase.

Você pode estar se perguntando, o que isso tem a ver com a candidíase? A questão é que essa condição pode surgir durante o tratamento de algumas doenças e a candidíase é uma delas.

Os sintomas causados por essa reação podem fazer com que a maior parte das pessoas abandonem antes da hora o programa de tratamento da candidíase. Portanto,  estar preparada ajudará você a evitar interromper o tratamento e completar o programa com sucesso.

Afinal, o que é Cândida Die-Off?

Vamos entender isso. Quando um grande número de leveduras e células fúngicas são mortas rapidamente, ocorre uma reação chamada de reação de Herxheimer, em que os subprodutos metabólicos dessas células são liberados no nosso corpo.

Quando essas células morrem, liberam todas as substâncias nocivas que contêm, incluindo pelo menos 79 toxinas diferentes. Esta longa lista de substâncias tóxicas inclui etanol, ácido úrico e acetaldeído, dentre outros.

O acetaldeído é uma neurotoxina conhecida e causa uma série de efeitos prejudiciais na nossa saúde e bem-estar.

Seu sistema endócrino, imunológico e respiratório podem ser afetados, as membranas de seus glóbulos vermelhos podem ser danificadas, reduzindo sua capacidade de transportar oxigênio pelo corpo.

O acetaldeído pode causar, portanto, fadiga e confusão cerebral. Esses subprodutos tóxicos também causam reações alérgicas e inflamações que levam a uma série de sintomas indesejáveis.

Os sintomas de Cândida Die-Off variam de pessoa para pessoa, pois isso depende do seu grau  de infestação e quantidade de fungos no seu sistema. Se você está sentindo muitos sintomas Die-Off, você pode pegar mais leve com o seu tratamento, reduzindo a sua dosagem de probióticos e antifúngicos, por exemplo.

Além disso, considere adicionar um suplemento de suporte ao fígado como o cardo de leite. É através do fígado que seu corpo elimina as toxinas e a aparição dos sintomas Die-Off significam que o fígado está sobrecarregado.

Sintomas do “Die-Off”

Os sintomas da Cândida Die-Off às vezes são comparados aos de um resfriado comum ou alergias, mas variam de pessoa pra pessoa. Os subprodutos tóxicos da Cândida tendem a causar inflamação, nariz congestionado, dificuldade para respirar e outros sintomas semelhantes a alergias e gripes.

Metabólitos como o neurotoxina acetaldeído também podem gerar alguns sintomas como confusão mental, dores de cabeça, fadiga e náuseas. Lembre-se de que essas toxinas podem estressar seu fígado também, então, sentir dor na região do fígado também é possível.

No meu programa Operação Candidíase , trago mais detalhes e explicações sobre os sintomas do Cândida Die-Off e como reconhecê-los. Mas abaixo você pode ver uma lista resumida dos sintomas mais comuns que podem aparecer:

  • Náusea
  • Dor de cabeça, fadiga, tonturas
  • Glândulas inchadas
  • Inchaço, gases, constipação ou diarreia
  • Aumento da dor articular ou muscular
  • Frequência cardíaca elevada
  • Calafrios
  • Urticária ou erupção cutânea
  • Sudorese
  • Febre
  • Esfoliação da pele
  • Infecções vaginais

A reação Die-Off, ou Herxheimer, foi bem documentada na pesquisa sobre terapias antifúngicas. Um estudo (veja aqui) descobriu que após uma terapia ser iniciada, o corpo começa a experimentar algumas reações e sintomas semelhantes a uma gripe, dor abdominal  e febre baixa, bem como algumas possíveis reações alérgicas.

Como lidar com a Cândida Die-Off?

Por mais que sentir essas reações pareça algo natural e que mostre que o plano de tratamento da candidíase está surtindo efeito, uma vez que os fungos da Cândida Albicans estão morrendo, saiba que não é muito saudável para você sentir isso e o melhor que você pode fazer é que isso aconteça.

Os sintomas Die-Off podem causar muito estresse nos órgãos internos e o sistema imunológico pode enfraquecer. Esses sintomas normalmente desaparecem dentro de uma semana, mas podem durar um pouco mais.

Você pode tomar algumas atitudes para diminuir essa reação e poder seguir com seu tratamento da candidíase. Nosso programa contém uma lista mais abrangente de tratamentos para tratar os sintomas  Die-Off, mas aqui está uma breve lista que pode te ajudar.

  1. Tome um suplemento de apoio ao fígado

Boas opções são o molibdênio ou cardo de leite, para ajudar seu fígado e expulsar as toxinas de Cândida.

O molibdênio em particular é muito útil para tratar os sintomas Die-Off. É necessário que seu corpo produza enzimas que convertam a neurotoxina acetaldeído em ácido acético para poder expulsar do seu corpo ou se converta em enzimas digestivas saudáveis.

Você pode encontrar uma lista atualizada de recomendações de suplementos de desintoxicação no meu programa, confira aqui!

Interrompa temporariamente os antifúngicos

A maioria dos antifúngicos funciona dividindo as paredes das células de fungo de Cândida, que então liberam as muitas toxinas que as colônias de Cândida produziram.

Reduzir a sua dosagem antifúngica reduzirá a quantidade de toxinas que estão sendo liberadas direto na sua corrente sanguínea. Quando você começar a se sentir melhor, você pode retornar o uso e começar a aumentar gradativamente.

  1. Reduza temporariamente a dosagem de probióticos

Vimos no artigo Como escolher um bom probiótico para curar candidíase que os probióticos ajudam a repovoar seu intestino, expulsar a Cândida, restaurar a acidez do estômago e reforçar o seu sistema imunológico.

Os probióticos são menos propensos do que os antifúngicos de causar sintomas Die-Off, mas se você começar a sentir sintomas fortes, você deve reduzir temporariamente sua dosagem de probióticos também.

  1. Beba mais água

A água é boa pra absolutamente tudo e, nesse caso, pode também ser útil para ajudar a eliminar toxinas mais rapidamente do seu corpo.

Se você quiser se sentir melhor, todos os subprodutos que são liberados pela Cândida precisam sair do seu corpo. Bebendo bastante líquido você pode acelerar esse processo.

  1. Descanse bastante

O estresse pode enfraquecer suas glândulas supra-renais e reduzir a capacidade do seu corpo de combater patógenos e infecção por fungos. Uma reação Die-Off só aumentará o estresse fisiológico e emocional que você sente.

Relaxe e faça coisas por você. Você pode tentar saunas, massagens e outras alternativas que ajudam a relaxar e também melhoram a circulação do corpo e o sistema linfático, ajudando a expulsar as toxinas de Cândida.

  1. Tome vitamina C

Tome 1000 mg de vitamina C duas vezes ao dia. Esta vitamina aumenta suas glândulas supra-renais e ajuda a restaurar seu sistema imunológico, reforçando sua saúde como um todo.

Como evitar Cândida Die-Off?

Ao progredir com o seu tratamento de candidíase você deve dar tempo ao tempo para que o seu corpo se adapte a cada missão e estágio. Pois, caso contrário, você estará colocando mais estresse no seu corpo, ao invés de obter uma recuperação bem-sucedida.

Os sintomas de Die-Off geralmente levam a uma recuperação mais lenta e não é isso que você quer, certo? Tenho certeza do que o que você mais quer é se livrar da sua candidíase, mas sem comprometer o restante da sua saúde e bem estar.

O melhor conselho que posso te dar, portanto, é evitar os sintomas Die-Off. Para isso você deve seguir um plano de tratamento bem projetado com embasamento científico e que traga um cronograma claro sobre cada fase nova do tratamento.

No e-book Operação Candidíase trago instruções para evitar a possibilidade de uma reação Die-Off e trago os melhores suplementos de suporte ao fígado que você pode utilizar para evitar que uma reação de Die-Off apareça.

Leave a Reply

Your email address will not be published.